O QUE VEM DEPOIS DA MORTE?



A revista super interessante em uma de suas edições em 2013 publicou um artigo curto, mas muito esclarecedor sobre o assunto. Nele se discorre experiencias de pessoas que dadas como mortas, voltaram a vida. Os cientistas chamam esta experiencia de (EQM). As experiencias narradas são autenticadas pelo médico Holandês Pim Van Lommel. Segundo esta autoridade no assunto, “a consciência não pode estar localizada num espaço em particular. Ela é eterna,” diz ele. E continua: “A morte, como o nascimento, é mera passagem de um estado de consciência para outro. Sendo a consciência a percepção da auto existência do ser, é certo que a vida do ser não sucumbe a morte.” O que a Bíblia diz sobre este tema?

Segundo podemos observar ao examinar a Palavra de Deus, não há fundamento bíblico para a doutrinas da reencarnação que diz que ao morrer, a alma do individuo renasce num novo corpo; também não há base na Bíblia para se crer na doutrina da transmigração da alma que afirma que o individuo ao morrer entra num ciclo de vida e morte podendo assumir várias formas, de inseto a ser humano, até alcançar a perfeição. A Bíblia tampouco sustenta o ensino equivocado sobre a aniquilação da Alma, no qual afirma-se que, ao morrer o individuo com ele perece sua consciência, sua história e sua identidade. A bíblia nos assegura que a vida e a consciência seguem a morte para uma outra realidade. Em Hebreus 9.7 a Bíblia afirma que ao homem está ordenado a morrer uma só vez e depois da morte segue-se o juízo no qual todos os seres humanos prestarão contas do modo como escolheram viver. De acordo com o a Bíblia, duas serão as sentenças proferidas pelo juízo Divino: Vida eterna aos que viveram retamente ou morte eterna aos que viveram em desobediência a vontade de Deus. (Rm.2.7-9; ITes. 1.7-10) A vida eterna compreende o desfrutar do gozo eterno proporcionado pela presença de Deus num estado de plena consciência e em convivência com aqueles que em vida desfrutaram da mesma fé. A Bíblia denomina este lugar de Céu. Entende-se biblicamente por morte eterna a eterna separação de Deus em plena e total consciência e em convivência com aqueles que adotaram a mesma conduta e escolheram viver na prática do mal em pequena ou larga escala. Estes, segundo a Bíblia, vão para o inferno.

Neste momento alguém pode estar se perguntando: que devo fazer para merecer o céu e evitar de ir para o inferno? A Bíblia diz que naturalmente sendo religioso ou não, rico ou pobre, todos os homens estão naturalmente indo para o inferno. O que determina a condenação do homem são seus pecados. Todos os seres humanos nascem em pecado, logo todos estão condenados. A Única Maneira de safar-se deste estado de condenação é recebendo o perdão de Deus que nos é dado por meio de Jesus Cristo. Por quê é assim? Porque Jesus, o filho de Deus, se encarnou no ventre da virgem Maria para se tornar homem e nesta condição sofrer a condenação imposta por Deus a todos os homens. Ao morrer na cruz ele se tornou oferta pelos nossos pecados. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo que nele Crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo.3.16) Jesus é o único caminho que nos leva ao céu (Jo.14.6) O que lançará os homens no inferno é o pecado que autentica todos os demais pecados, a rejeição a Jesus. Quem Nele crer não é julgado mas quem não crê desde já está condenado Porque não creu no nome do Unigênito filho de Deus. (Jo.3.18)

O céu é um lugar de delícias, de gozo indizível, de plena realização, de eternas descobertas fascinantes. Deus não poderia pensar em uma recompensa melhor para seus filhos. No céu não haverá despedidas, lágrimas, morte ou dor.


Bispo Roberto Amaral

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W