LIMITES, SUPERE-OS OU ELES TE LIMITARÃO


Deus é a minha fortaleza e a minha força e Ele perfeitamente desembaraça o meu caminho. Ele deu a meus pés a ligeireza das corças e me firmou nas minhas alturas. Ele adestrou as minhas mãos para o combate, de sorte que os meus braços vergaram um arco de bronze. Também me deste o escudo do teu salvamento, e a tua clemência me engrandeceu. Alongaste sob meus passos o caminho, e os meus pés não vacilaram. (II Samuel 22.33-37)

Poucos homens conheceram os limites impostos pela vida, como Davi. Diante de vitórias e fracassos ele soube lidar com esta realidade como poucos. No final de sua caminhada, ao contrário das previsões naturais, se revelou um homem feliz e realizado.

Precisamos de limites pois a vida é compartilhamento. O espaço físico, os elementos tais como: o tempo, o ar, a luz, a água e alimentos, devem ser compartilhados com todos à nossa volta. Para garantir que todos os seres dividam com equidade os elementos essenciais à vida, Deus estabeleceu leis para garantir o equilíbrio ecológico. Os limites, por conta disso, são definidos para todos. Estes limites determinam a cota de tempo, espaço, ar, água, comida, etc., necessários à manutenção da vida de cada ser vivo. Conhecer nossos limites nos ajuda a respeitar e a garantir a vida do outro, da qual, certamente, depende a nossa. No que tange a vida espiritual Deus estabeleceu limites saudáveis para garantir nossa saúde e liberdade. Porém há limites que não são naturais e nem legítimos. São limites impostos pela ignorância, pela injustiça, pelo ciúme, inveja, preguiça e comodismo. Você certamente, não somente ouviu histórias de pessoas que tiveram que lutar muito para superar os limites definidos pela ignorância de pais e cônjuges, a inveja de colegas e injustiça de pessoas que não desejavam e incentivavam seu crescimento; mas também de outros que tiveram que vencer o comodismo de uma vida sedentária e parasitária para voltar aos exercícios físicos, ao trabalho, ao cenário da vida ativa e produtiva. Há pessoas que já se deram por mortas antes de morrer, a outros que já condenaram seus órgãos, sua mente ao estado de falência múltipla antes que de fato isto ocorresse, por isso pararam de criar, construir e produzir. Não desconsidere seus limites naturais, para não se tornar egotista, mas também não aceite os limites ilegítimos que te enterram antes do tempo, certamente eles farão de você um covarde. Levanta-te, veja de pé que a linha do horizonte de sua vida e ministério se estende além das montanhas distantes. Ainda há flecha na sua aljava, há folego nos seus pulmões, sonhos no seu coração e visão na sua mente. Vá adiante, surpreenda a si mesmo. Supere estes limites que, de forma ilegítima foram impostos em sua vida, vá além deles na força e no poder de Deus.

Bispo Roberto Amaral

#Superandolimites #BispoRoberto #tempodecrescer

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W